44 3252-1177

contato@oregionaljornal.com.br

NEIAB promoveu 13ª Semana Afrobrasileira com tema “Vidas Negras” em Maringá:

Ocorreu nos dias 6, 7, 8 de novembro a XIII Semana Afro-Brasileira é o mais tradicional evento científico-acadêmico realizado no norte do Paraná. O evento foi promovido pelo Núcleo de Estudos Interdisciplinares Afro-brasileiros da Universidade Estadual de Maringá – Paraná (UEM) em parceria com OAB/Maringá seção Igualdade Racial e Fundação Escola do Ministério Público do Paraná – Fempar, além de contar com apoio de diversos cursos de graduação e pós-graduação da Universidade Estadual de Maringá.



Semana Afro-Brasileira teve como temática “Vidas Negras”, O objetivo do evento foi problematizar e sensibilizar Estudantes de Graduação, Estudantes de Pós-graduação, Professores de Ensino Superior e Profissionais, Estudante de Ensino Técnico, Professores da Educação Básica, Comunidade externa e Movimentos sociais para os impactos do racismo na restrição da cidadania de pessoas negras, influenciando atores estratégicos na produção e apoio de ações de enfrentamento da discriminação e violência.



No Brasil, sete em cada dez pessoas assassinadas são negras. Na faixa etária de 15 a 29 anos, são cinco vidas perdidas para a violência a cada duas horas. De 2005 a 2015, enquanto a taxa de homicídios por 100 mil habitantes teve queda de 12% para os não-negros, entre os negros houve aumento de 18,2%. A letalidade das pessoas negras vem aumentando e isto exige políticas com foco na superação das desigualdades raciais.



Segundo pesquisa realizada pela Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR) e pelo Senado Federal, 56% da população brasileira concorda com a afirmação de que “a morte violenta de um jovem negro choca menos a sociedade do que a morte de um jovem branco”. O dado revela como os brasileiros têm sido indiferentes a um problema que deveria ser de todos.



Segundo dados divulgados pelo UNICEF, de cada mil adolescentes brasileiros, quatro vão ser assassinados antes de completar 19 anos. Se nada for feito, serão 43 mil brasileiros entre os 12 e os 18 anos mortos de 2015 a 2021, três vezes mais negros do que brancos. Entre os jovens, de 15 a 29, nos próximos 23 minutos, uma vida negra será perdida. Além disso, o evento buscou chamar atenção para a baixa presença de alunos e de alunas negras na Universidade Estadual de Paraná e colaborar de forma significativa com os debates em relação a implementação de cotas raciais para a população negra nos vestibulares da instituição.



No decorrer dos três dias tiverem presentes no evento mais de 500 pessoas, que se dispuseram a ouvir e discutir, estratégia de valorização da vida negra e como o racismo afeta o cotidiano dessa população. Para além disso, ao realizar o último dia do evento (08/11) na sede da OAB Maringá o evento realizou um feito histórico que ter em mesa três operadores do direito que são negras na Mesa-redonda Vidas Negras e Estado encerra a XIII Semana Afrobrasileira na OAB com o promotor de Justiça do Ministério Público do Paraná – MPPR, André Luiz Querino Coelho, Prof. Luciano Góes, Luciano advogado, doutorando em direito na Universidade de Brasília e Maurício Domingos, advogado, professor e Presidente da Comissão de Igualdade Racial da OAB Sub-seção Maringá.



Fonte: Jornal O Regional
Mais Notícias:
  • 26/05/2020 - Confeitaria faz doação para aliviar a rotina dos p...
  • 26/05/2020 - O Novo Parque das Grevíleas e o valor da Beleza ...
  • 26/05/2020 - Amusep articula ativação de 10 leitos de UTI no H...
  • 26/05/2020 - Ser Excelente nunca foi tão importante quanto agor...
  • 26/05/2020 - Jardim Botânico começa a tomar forma
  • 26/05/2020 - Guardiões de sementes ajudam na biodiversidade e ...
  • 26/05/2020 - Cruzeiro do Sul, uma ilha produtiva no noroeste do...
  • 19/05/2020 - Desinfecção e Higienização em combate à Covid-19 r...
  • 19/05/2020 - Quem deve sair de licença 90 dias antes das Eleiçõ...
  • 19/05/2020 - Pandemia e Crise Econômica: apontamentos de uma pe...
  • 19/05/2020 - A gravidez e os cuidados com o recém-nascido duran...
  • 19/05/2020 - ‘Live’ da cantora Val de Inajá arrecadou 800 KG de...
  • 19/05/2020 - Itaguajé inicia entrega do Cartão COMIDA BOA
  • 19/05/2020 - Máscara de proteção individual foi entregue na cid...
  • 19/05/2020 - Caçambas para coleta de entulhos chegam a Itaguajé
  • 19/05/2020 - Em Santo Inácio, prefeitura adquire totens de disp...
  • 19/05/2020 - A Secretaria de Assistência Social do Município de...
  • 12/05/2020 - Secretaria de Educação entregará atividades impres...
  • 12/05/2020 - Santo Inácio recebe R$ 500 mil para a saúde por i...
  • 12/05/2020 - Imprensa de Paranavaí e Região de luto Morre o Jor...
  • 12/05/2020 - Os perigos da política como esperança: violência ...
  • 12/05/2020 - Teremos Eleições! CALENDÁRIO ELEITORAL segue sem ...
  • 12/05/2020 - Sanepar faz desinfecção no entorno de unidades de ...
  • 12/05/2020 - Seis instituições de saúde foram beneficiadas com...
  • 12/05/2020 - Mães deste sábado e domingo receberam homenagem n...
  • 12/05/2020 - Suinocultura é destaque no município de Ângulo
  • 12/05/2020 - Detran-PR adia vencimento da CNH por tempo indeter...
  • 12/05/2020 - Emenda federal viabiliza rolo compactador a Mandag...
  • 12/05/2020 - Quebra do interstício para promoção de Cabos e Sar...
  • 05/05/2020 - Revitalização do Matadouro Público Municipal entr...
  • Endereço Rua Lord Lovat, 500 - Centro Nova Esperança-PR | CEP: 87600-000 Fone: (44) 3252-1177
    Desenvolvimento Hnet Sistemas