44 3252-1177

contato@oregionaljornal.com.br

Esforço concentrado da Educação volta a elevar o IDEB de Cruzeiro do Sul:

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) foi criado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) no ano de 2007 e, de acordo com o próprio INEP, este índice reúne, “em um só indicador, os resultados de dois conceitos igualmente importantes para a qualidade da educação: o fluxo escolar e as médias de desempenho nas avaliações”. Caracteriza-se, portanto, na atualidade, como um dos principais indicadores de qualidade da educação no Brasil.



O índice do IDEB que varia de zero a dez, que é aferido a cada biênio nos anos ímpares e, divulgado pelo Ministério da Educação (MEC), no ano posterior, demonstra o resultado direto do esforço concentrado dos educadores e equipe que atua diretamente com os alunos e seus familiares.



A educação municipal em Cruzeiro do Sul, contabilizou e 2013, um Índice de 5,8 e, no biênio posterior (2015) houve uma redução para 5,3, fato que, “ligou” o alerta e chamou a atenção do Prefeito, também professor, Ademir Mulon que, imediatamente, convocou reunião emergencial com a Direção do Departamento de Educação e toda a Equipe Pedagógica para que, segundo ele, “pudesse fazer um diagnóstico rigoroso da situação, identificar os problemas e propor soluções fulcradas nos princípios das gestão pública moderna, da Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB) e, principalmente, nas Metas do Plano Municipal de Educação (PME)”. Imediatamente, naquele ano, foram identificados problemas como a falta de professores, estrutura da escola antiga e precária, falta de carteiras e mobiliários, estrutura administrativa inadequada, computadores ultrapassados, APMF desmobilizada, professores e equipe desmotivados, entre outros problemas.



Diante dessa situação precária, segundo Mulon, foi necessário “agir em diversas frentes para reverter o quadro que havia se instalado no sistema público municipal de educação de Cruzeiro do Sul e, consequentemente, voltar a elevar o IDEB e a qualidade do ensino nos patamares desejáveis”. Foi o que se fizemos: “Elaboramos Concurso Público e contratamos novos professores, reformamos completamente a escola, realizamos vários cursos de aperfeiçoamento e capacitação profissional, compramos mobiliários, carteiras, computadores, tudo novo e moderno, reformulamos a APMF e incentivamos a participação dos pais no ambiente escolar, foi eleita democraticamente a Direção da escola e nomeamos a Professora Esbelta Ferreira Pinto, para a Direção do Departamento de Educação, com um diferencial e um desafio: ela teria autonomia na gestão, mas, em contrapartida, a árdua tarefa de retomar o crescimento do IDEB do Município. Aceitou o desafio e foi o que aconteceu, nosso IDEB saltou de 5,3 (em 2015) para 5,7 (em 2017)”, comemora o Prefeito.



Ao ser entrevistada por este Jornal, sobre quais motivos proporcionaram a retomada do crescimento do IDEB, a professora e Diretora do Departamento de Educação, Esbelta Ferreira Pinto, disse tratar-se de um tripé, um conjunto de ações participativas que envolvem professores e toda a equipe de profissionais, os pais e a gestão propriamente dita, tendo como foco central o aluno e a qualidade do ensino.



A Diretora disse ainda que, na Educação de Cruzeiro do Sul, “fizemos a opção de investir na formação dos professores e equipe, seja nos mais antigos de profissão, seja nos novos concursados e, procuramos estabelecer e estreitar o diálogo com toda a comunidade escolar. Deu certo! Nosso IDEB cresceu e, pelas nossas projeções, tendo em vista todo o trabalho que ainda estamos realizado e outros a serem colocados em prática no próximo ano, pretendemos crescer ainda mais, quem sabe chegar a 6,0 em 2019, que é a meta Brasil somente para 2022. Se chegarmos a essa pontuação, isso nos colocará, em termos de educação e qualidade do ensino, no mesmo patamar dos países desenvolvidos que fazem parta da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). É um desafio”, pondera a Professora Esbelta, porém, “avançamos muito de 2015 até aqui e temos tudo para ir além e legarmos para gerações futuras uma educação de qualidade e emancipadora que formará pessoas não apenas para a vida acadêmica, mas, principalmente, para o exercício pleno da cidadania, para o progresso moral e intelectual de cada indivíduo”.



Fonte: Jornal O Regional
Mais Notícias:
  • 19/02/2019 - Instalado o CEJUSC no Fórum da Comarca de Colorad...
  • 19/02/2019 - Alunos do CMEI recebem uniformes e kit escolar
  • 19/02/2019 - Campeonato de férias do Futsal em Floraí
  • 19/02/2019 - Paraná propõe a São Paulo convênio inédito para se...
  • 19/02/2019 - Deputado Estadual Soldado Adriano visita município...
  • 19/02/2019 - Flávio Arns apresenta projeto que muda regra do sa...
  • 19/02/2019 - Hemocentro Regional de Maringá realiza coleta de s...
  • 12/02/2019 - Homenagem póstuma a Camilo Bianchini Cossitto
  • 12/02/2019 - Educação de Qualidade ao Alcance de todos
  • 12/02/2019 - Jardim em frente ao Paço Municipal de Cruzeiro do ...
  • 12/02/2019 - Indústria busca matéria-prima e eleva preço da man...
  • 12/02/2019 - Semana pedagógica dá ‘pontapé’ inicial ao ano leti...
  • 12/02/2019 - FAEP E Emater discutem parcerias
  • 12/02/2019 - Senador Oriovisto Guimarães em resposta à nota da ...
  • 12/02/2019 - Flávio Arns cumpre agenda em Paiçandu e Maringá
  • 12/02/2019 - Eventos de ponta acontecidos nestes dias 9 e 10 de...
  • 05/02/2019 - Prejuízo aos produtores de Soja deve girar em tor...
  • 05/02/2019 - Mandaguaçu recebe viatura para ROTAM
  • 05/02/2019 - Arilson Chiorato toma posse como Deputado Estadual...
  • 05/02/2019 - Bilac De Monique, o grande campeão do torneio do D...
  • 05/02/2019 - Casal vive em prol do Hospital do Câncer de Barret...
  • 05/02/2019 - Sarandi realiza 38º Festival Regional da Folia d...
  • 05/02/2019 - Santo Inácio promove uma Nova Fase de Desenvolvi...
  • 05/02/2019 - Porto São José, Distrito de São Pedro do Paraná de...
  • 29/01/2019 - Simepar vai avaliar a situação de 461 barragens e...
  • 29/01/2019 - Mandaguaçu recebe R$ 1,8 milhão em recapeamento ...
  • 29/01/2019 - Paraná recebe Abertura Nacional da Colheita Soja ...
  • 29/01/2019 - Prefeito de Colorado Marcos Mello, fala dos invest...
  • 29/01/2019 - Campeonato de férias no Distrito de Nova Bilac
  • 29/01/2019 - Itaipu reitera a segurança da sua barragem
  • Endereço Rua Lord Lovat, 500 - Centro Nova Esperança-PR | CEP: 87600-000 Fone: (44) 3252-1177
    Desenvolvimento Hnet Sistemas