44 3252-1177

contato@oregionaljornal.com.br

VALECOOP apresenta proposta para o desenvolvimento da agricultura familiar:

Estiveram reunidos na Câmara Municipal prefeitos e representantes de vários municípios integrantes do Projeto Pirapanema, além dos municípios de Cafeara e Lupionópolis que não faziam parte na fase inicial do programa.



Durante o evento a VALECOOP – Cooperativa dos Agroprodutores do Vale do Pirapanema, através do seu presidente Mauricio José de Lima e do Consultor para o Planejamento Estratégico da empresa APHELASA, Servilio Fresneda Costa, apresentaram proposta que tem por objetivo promover o desenvolvimento regional, possibilitando a geração de negócios através da organização das cadeias produtivas do Leite, da Piscicultura e dos Hortifrutigranjeiros dos municípios das margens dos Rios Pirapó e Paranapanema através da disponibilização de profissionais das áreas de Zootecnia, Agronomia e Desenvolvimento aos produtores da Agricultura Familiar.



A VALECOOP é uma cooperativa fundada a mais de dez anos e que a princípio contemplava apenas a participação na organização da compra e venda de insumos para a pecuária leiteira.
No início de 2018 a diretoria foi reformulada e além do presidente Maurício, também assumiu como secretário, Carlos Alberto Correia de Lima. Ambos são engenheiros agrônomos com experiência de mais de 30 anos com a agropecuária.



Com o objetivo de elaborar planejamento estratégico contrataram o consultor Servilio e também com apoio de Jefferson Ferreira Lima, consultor para desenvolvimento sustentável, sediado no estado de São Paulo.
Servilio foi o idealizador e coordenador do programa de desenvolvimento Pirapanema e sentiu na VALECOOP a oportunidade de operacionalizar as iniciativas priorizadas pela Governança do Programa durante todo o ano de 2017.



Dessa forma a VALECOOP iniciou então o seu planejamento que culminou com o programa que foi apresentado aos municípios para discussão, melhoria e implantação.
O prefeito municipal de Santo Inácio Junior Marcelino dos Santos (Junior Venceslau) também viu no programa uma oportunidade de desenvolver a Cooperativa que está sediada no seu município, apoiando os agricultores familiares e promovendo o desenvolvimento da região. Engajou-se no programa e juntamente com os diretores da cooperativa esteve visitando várias empresas da região para a formalização das parcerias e também foi o responsável pelo convite aos prefeitos da região e organização do evento.



A idéia é que os municípios contratem, através da VALECOOP, assistência técnica aos agricultores familiares de forma ampla sem onerar em demasiado os custos.



Uma equipe técnica formada por Médico Veterinário, Engenheiro Agrônomo, Técnico em Agropecuária que irá atender 03 ou mais municípios, otimizando dessa forma o trabalho dos técnicos e atendendo todos os setores.



Um dos pontos fundamentais apontados pelos prefeitos diz respeito à comercialização da produção. “Vimos muitas vezes incentivarem os produtores para iniciar uma atividade e na hora da comercialização não tem preço”.



Essa foi a minha preocupação da VALECOOP disse o presidente Maurício”, em garantir primeiro a comercialização e depois iniciar a produção de forma planejada”.



Segundo o consultor Servilio a compra direta de merenda da agricultura familiar deverá ser a mola propulsora desse programa. “Hoje os municípios deixam de receber dinheiro para a compra de merenda da agricultura familiar porque não tem produtores organizados e isso acaba prejudicando tanto os produtores quanto os alunos e os municípios”



A proposta foi endossada pelo Secretario Municipal de Administração, finanças e infra-estrutura do município de Cafeara, Matheus Nadad Luciano, que representava o prefeito municipal Oscimar José Sperandio.
O prefeito de Santa Inês Bruno Vieira Luvissoto enalteceu a importância de realizar encontros visando prestar todos os esclarecimentos aos agroprodutores para que o ideal cooperativista seja entendido na sua essência.



O prefeito de Lupionópolis José Antônio Gerônimo, destacou a importância dessa iniciativa e falou das dificuldades que os produtores do Banco da Terra estão tendo para viabilizar suas propriedades.
O vice-prefeito de Jardim Olinda Denny Anderson de Oliveira destacou que o município já conta com uma iniciativa dessa natureza, “Contratamos um veterinário para dar assistência aos nossos produtores. No entanto isoladamente fica mais difícil executar e coordenar um programa dessa natureza. Com a união de mais municípios poderemos ter sucesso ainda maior”.



O Secretário Municipal de Agricultura de Jardim Olinda Sérgio Luiz de Oliveira enfatizou que o trabalho de incentivo aos agroprodutores realizado no município já obteve resultados positivos, inclusive para o município que teve um acréscimo de 22% na sua arrecadação de ICSM.



João Venceslau que é chefe de gabinete do município e um dos maiores incentivadores do desenvolvimento da região se mostrou entusiasmo com o programa, mas destacou a necessidade da transparência. “Só a transparência garante credibilidade”.



A prefeita de Paranapoema, Leurides Navarro mesmo não tendo agricultores familiares em seu município esteve presente na reunião. “É muito ruim para o município não termos agricultores familiares, estou aqui hoje para verificar se encontramos solução para esse problema, pois estamos deixando de receber recursos estaduais e federais para compra da merenda escolar”.



Uma proposta para desenvolver a agricultura familiar em Paranapoema foi esboçada durante o encontro e deverá ganhar corpo nos próximos dias, o que deixou a prefeita muito empolgada e com boas perspectivas para o futuro.



Por fim ficou acordado com o Prefeito Municipal de Santo Inácio acompanhado pelo Secretario municipal de desenvolvimento, Rodirlei Guimarães e pelo presidente da Cooperativa Maurício José de Lima, estarão visitando os demais municípios para esclarecimento do programa visando dar início o mais rápido possível aos trabalhos.



Fonte: Jornal O Regional
Mais Notícias:
  • 13/11/2018 - Uma das heranças: “O DESCASO” do Governo com o in...
  • 13/11/2018 - TJ-PR leva noções de justiça e cidadania às escola...
  • 13/11/2018 - Dr. Severino homem que fez e se tornou história e...
  • 13/11/2018 - Itaipu Binacional abre processo seletivo para pree...
  • 13/11/2018 - Cidadania e Justiça também se aprende na escola
  • 13/11/2018 - São Jorge do Ivaí adquire Trator Agrícola para be...
  • 13/11/2018 - Cruzeiro do Sul conhece o Campeão do Citadino de F...
  • 06/11/2018 - Bolsonaro Presidente do Brasil
  • 06/11/2018 - Cidadãos de Santo Inácio recebem homenagem em Nioa...
  • 06/11/2018 - Novo visual do Cemitério Municipal de Nova Espera...
  • 06/11/2018 - Santo Inácio é destaque em esportes de rendimento ...
  • 06/11/2018 - Câmara Estudantil de Colorado, cidadania e democra...
  • 06/11/2018 - DER abre propostas para trincheiras no Noroeste
  • 06/11/2018 - Sistema de Georreferenciamento de Mandaguaçu é des...
  • 06/11/2018 - Biblioteca Cidadã de Inajá em parceria com o CRAS...
  • 06/11/2018 - 212ª JSM de Cruzeiro do Sul realiza entrega de Ce...
  • 06/11/2018 - 212ª JSM de Cruzeiro do Sul realiza entrega de Ce...
  • 30/10/2018 - Santa Inês promove 2º Café da Manhã em Comemoraçã...
  • 30/10/2018 - SICREDI FLORAÍ HOMENAGEIA FUNCIONALISMO PÚBLICO
  • 30/10/2018 - COPA UNIMED ESCOLAR FLORAÍ CAMPEÃO HANDEBOL FEMINI...
  • 30/10/2018 - Bullying na escola: o que é e como combater
  • 30/10/2018 - Jovem escritora de Paranavaí apresenta seu primeir...
  • 30/10/2018 - “Xadrez” jogo ou disciplina?
  • 23/10/2018 - Paraná dando bom exemplo
  • 23/10/2018 - Escola Municipal João Honório Luiz encerra ao Proj...
  • 23/10/2018 - PROGRAMA A UNIÃO FAZ A VIDA / FLORAÍ
  • 23/10/2018 - Base do serviço aeromédico do Noroeste completa 10...
  • 23/10/2018 - Mais de 150 ciclistas participam do 1º Pedal Solid...
  • 23/10/2018 - Em Paranacity, covers de cantores de fama internac...
  • 16/10/2018 - Manancial Paracatu recebe 7 milhões do programa Mo...
  • Endereço Rua Lord Lovat, 500 - Centro Nova Esperança-PR | CEP: 87600-000 Fone: (44) 3252-1177
    Desenvolvimento Hnet Sistemas